Vingadores: Ultimato tem tudo para passar Avatar

Vingadores: Ultimato tem tudo para passar Avatar

22 de abril de 2019 0 Por Diego C. Melo

Sim, sim, Cinemaaaaaaaaster! Vingadores – Ultimato está mais do que pronto para chegar aos cinemas e além dos comentários sobre qualidade, tempo de duração e outros detalhes, não tem como deixar o assunto bilheteria de lado. Orçado em US$ 500 milhões, ao lado de Vingadores – Guerra Infinita com mais US$ 500 milhões, Guerra Infinita já pagou os dois filmes, isso é fato. Mas Cinemaster, Vingadores – Ultimato vem com o propósito de ser ainda maior, e por conseguinte, de faturar muito mais.

A partir disso, o que eu e você vamos conversar mais abaixo é a respeito do seguinte: Vingadores – Ultimato tem chances de ultrapassar Avatar e se tornar a maior bilheteria na história do cinema mundial?! Avatar ao longo de 2009 e 2010 Cinemaster não faturou apenas US$ 2 bilhões, foram US$ 2.7 bilhões. O desempenho internacional do filme de James Cameron foi magistral, com recordes que só vieram a ser batidos por Star Wars – O Despertar da Força e por conseguinte com Vingadores – Guerra Infinita.

Quais filmes faturaram mais de US$ 2 bilhões?
O Box Office Mojo, o maior data base de bilheteria dos Estados Unidos, confirma que apenas quatro filmes conseguiram chegar a marca dos US$ 2 bilhões em faturamento global. São eles:

Avatar (2009) – US$ 2.7 bilhões;
Titanic (1997) – US$ 2.1 bilhões;
Star Wars – O Despertar da Força (2015) – US$ 2.068 bilhões;
Vingadores – Guerra Infinita (2018) – US$ 2.048 bilhões.
O desempenho de Vingadores – Guerra Infinita
Vingadores – Guerra Infinta se tornou um completo marco na história do cinema mundial, Cinemaster. A produção tornou-se nada menos que o primeiro filme adaptado de HQ a chegar aos US$ 2 bilhões em faturamento mundial.

Dentro dos Estados Unidos foram US$ 678.8 milhões, a frente de Titanic, mas muito atrás dos seus principais concorrentes em busca de uma bilheteria extremamente alta dentro da Terra do Tio Sam, respectivamente: Star Wars – O Despertar da Força com US$ 936.6 milhões; Avatar com US$ 760.5 milhões e Pantera Negra, a maior bilheteria americana no ano de 2018, a frente de Guerra Infinita, com US$ 700 milhões cravados.

Já internacionalmente a bilheteria foi de US$ 1.3 bilhão, a frente de Star Wars – O Despertar da Força, mas atrás de Titanic com US$ 1.5 bilhão e muito atrás de Avatar com US$ 2 bilhões. E é exatamente aqui Cinemaster onde mora o X da questão para Vingadores – Ultimato, vou explicar mais para frente.

Vingadores – Ultimato vai bater Star Wars nos Estados Unidos?

Tudo indica que sim, Cinemaster. Tudo indica que Vingadores – Ultimato deverá se tornar a maior bilheteria na história dos Estados Unidos, batendo assim os US$ 936.7 milhões de Star Wars – O Despertar da Força. E dois pontos muito fortes corroboram para essa ideia. O primeiro é que Vingadores – Ultimato fez em apenas 6 horas o que Star Wars – O Despertar da Força levou 24 horas no primeiro dia da pré-venda de ingressos. E a segunda estratégia Cinemaster é que boa parte dos cinemas americanos funcionarão dentro do expediente de 24 horas por dia para Vingadores – Ultimato.

No ano passado, os cinemas fizeram essa mesma ação com Vingadores – Guerra Infinita e deu certo. Mas neste ano, a própria Walt Disney está estimulando os cinemas a fazem isso. Afinal, como Vingadores – Ultimato tem 3 horas de duração, a quantidade de sessões por dia teve que ser reduzida – mesmo com a diminuição dos intervalos de limpeza das sala – então, o que pode alavancar esse aumento de sessões é o fundamento sem parar dos cinemas. O Deadline revelou que os cinemas americanos deverão funcionar 24 horas por dia apenas durante o fim de semana de estreia da produção, que vai começar na quinta-feira à tarde (por volta das 18h – Horário de Nova York), até a madrugada da segunda-feira.

Quais as estratégias da Marvel Studios para mais de US$ 2 bilhões?

É fato Cinemaster que Vingadores – Ultimato vai bater US$ 2 bilhões mundialmente, afinal, isso é o mínimo que o filme pode fazer levando em conta que essa quantia foi a arrecada por Vingadores – Guerra Infinita. No entanto, a Marvel Studios fez o que jamais nenhum outro estúdio fez e o que jamais o próprio MCU tinha feito até então. Focar sua estratégia de bilheteria só e somente só no Oriente. Por que você acha Cinemaster que nenhum ator veio divulgar Vingadores – Ultimato no Brasil?! Porque a alta bilheteria do filme no Brasil já está mais do que garantida. Chris Pratt veio no ano passado justamente como forma da Marvel Studios entender se seria necessário mandar alguém para cá em 2019, e não foi necessário.

Dessa forma, enquanto Scarlett Johansson, Paul Rudd e Chris Hemsworth foram mandados para uma rápida passagem pelo Reino Unido para o lançamento europeu de Vingadores – Ultimato, o foco realmente esteve na Ásia. O continente Cinemaster é a galinha dos ovos de ouro para o mercado cinematográfico. E a Marvel Studios é a empresa de cinema mais querida por lá, mais até que a própria Disney. Sabe a razão?! Porque Kevin Feige e a Marvel Studios foram os primeiros a ver o potencial que a China e a Ásia tinha em termos de bilheteria. E o que Feige fez?! Colocou essas pessoas dentro da Marvel Studios.

O MCU entrou com tudo na China quando em 2013 filmou cenas exclusivas para o público do país. Resultado, Guerra Infinita fez US$ 350 milhões no país. Quantia muito a frente do que o primeiro Os Vingadores, em 2012, tinha feito por lá, cerca de US$ 86 milhões. Isso o que eu chamo de visão de mercado, Cinemaster.

Mediante isso, a Marvel Studios focou toda a sua divulgação na Ásia e manteve o arroz com feijão, que sempre deu certo, nos demais mercados. A jornada começou na primeira semana de abril: Joe Russo – co-diretor de Vingadores – Ultimato – foi até a Índia. Joe passou um fim de semana em Mumbai, conversou com a imprensa indiana e ainda participou de um evento para fãs durante à noite. De quebra, Joe revelou que a Índia é um dos países que mais cresce em resultados de bilheteria para a Marvel Studios.

Em seguida, Brie Larson (que tinha acabado de vir da Coreia por conta da divulgação de Capitã Marvel), Robert Downey Jr. e Jeremy Renner foram até a Coreia para divulgar Vingadores – Ultimato. A Coreia do Sul Cinemaster foi um dos mercados de maior bilheteria para Guerra Infinita. O evento para fãs de lá também foi gigantesco, e tudo bancado pela Marvel Studios.

Por fim, e para fechar com chave de ouro, Kevin Feige, Joe Russo, Anthony Russo, Chris Evans, Chris Hemsworth e Paul Rudd foram até à China. O evento para 9 mil pessoas contou com transmissão em streaming para todas as partes do país. A festa também foi gigantesca, ainda maior que a realizada na Coreia do Sul, inclusive. E esta é a maior estratégia da Marvel Studios Cinemaster para Vingadores – Ultimato, é fazer se sentir importante o público que não era visto por Hollywood. Fazer um evento na China para 9 mil pessoas e com tudo bancado por um estúdio?! Isso parecia loucura até 2013. Mas hoje, é mais do que fundamental. A Marvel Studios hoje Cinemaster anda de mãos dadas com a China. E é exatamente do gancho da China que puxo você para o tópico final do PostMovie Especial.

Vingadores – Ultimato vai bater Avatar na bilheteria mundial?

Que Vingadores – Ultimato pode bater Avatar… pode, isso é fato! Afinal, o que há de impossível nisso?! Nada! Quem imaginaria que Avatar poderia se tornar a maior bilheteria da história?! Digo isso mesmo levando em conta que o filme é um dos meus favoritos de todos os tempos, e que James Cameron é o meu diretor de cinema favorito. Mas verdade seja dita, não esperava que o filme fosse bater nem mesmo Titanic. No entanto, bateu e isso foi incrível.


Só que quando se trata de Vingadores – Ultimato Cinemaster o desafio é ainda mais considerável. Isso porque Avatar faturou – somente fora dos Estados Unidos – nada menos que US$ 2 bilhões. Isso mesmo, Avatar é a maior bilheteria internacional de todos os tempos, com US$ 2 bilhões. Enquanto Vingadores – Guerra Infinita faturou US$ 1.3 bilhão. Ou seja, se Vingadores – Ultimato conseguir arrecadar US$ 2 bilhões fora dos Estados Unidos – o que sim, é provável – os US$ 700 milhões vão vir dentro da Terra do Tio Sam facinho, facinho. E por conseguinte, a produção da Marvel Studios deverá se tornar a maior bilheteria na história do cinema mundial.

via cinemaster