Por coronavírus, BBB 2020 quebra o protocolo e choca brothers

Por coronavírus, BBB 2020 quebra o protocolo e choca brothers

17 de março de 2020 0 Por Diego C. Melo

A Globo decidiu informar os confinados do BBB 2020, na noite desta segunda-feira (16), a situação da proliferação do coronavírus em todo o mundo. Os BBBs ficaram chocados e até choraram ao saberem da pandemia.

Tiago Leifert anunciou na abertura do programa da Globo que os participantes seriam avisados: “É uma quebra de protocolo, é algo inédito no programa, mas algo importante para eles e para todos nós”.

Já ao iniciar a conversa da casa, o apresentador alertou: “Hoje não tem jogo da discórdia, vamos quebrar o protocolo para falar de algo que está acontecendo aqui fora. Vocês estão seguros, a família de vocês está segura”.

O comunicador ainda explicou sobre o protocolo de prevenção adotado pela emissora para conter o coronavírus e assegurar a saúde de todos: “Não teremos plateia por tempo indeterminado”.

Vamos fazer um pacto nosso: qualquer coisa grave eu chamo vocês no confessionário”, avisou Leifert, tranquilizando os confinados. Ivy, Mari, Flay e Gizelly demonstraram muita preocupação, enquanto Rafa chorou muito e falou da África.

O infectologista Edimilson Migowski foi convidado pelo BBB 2020 para explicar aos participantes sobre como prevenir a contaminação pelo coronavírus e tirar dúvidas dos confinados.

Cabe lembrar que, em comunicado, mais cedo, a emissora informou que os cuidados foram redobrados internamente e validados pelo médico que visitou a produção. A produção ainda aumentou o limite diário de consumo de água para todos dentro da casa porque “a higienização das mãos é um dos principias fatores de prevenção”.

Os cuidados foram redobrados. Entre as medidas adotadas estão a suspensão, por tempo indeterminado, de plateia e da presença de famílias em dias eliminação, a atenção e cuidado ainda maiores em relação à higienização de qualquer produto que entre na casa e o monitoramento de todas as pessoas que têm acesso – já restrito – à residência. Além disso, todos os participantes são acompanhados 24 horas por uma equipe médica”, diz o comunicado.

via rd1