O dia que a Record deseja esquecer

O dia que a Record deseja esquecer

8 de março de 2020 0 Por Diego C. Melo

O domingo (8) é algo a ser esquecido pela Record. Mesmo com muitas mudanças e uma programação “renovada”, a emissora levou uma verdadeira surra do SBT na disputa pela vice-liderança. Hoje em Dia perdeu, Sabrina foi esmagada, até a prata da casa Rodrigo Faro foi massacrado por Eliana.

O grande problema da Record é querer resultado imediato. Será que ninguém lembra o tempo que Celso Portioli apanhava da Record com frequência? Televisão é rotina, é tempo, é investimento, e principalmente criatividade. Em nada adianta, por exemplo colocar uma Xuxa fazendo algo que todo mundo já viu com dezenas de outros apresentadores. Gincanas tolas, humor pastelão, coisas feitas e refeitas a exaustão por incontáveis pessoas.

Quer saber como daria certo? Antes de colocar o Hoje Em Dia, coloca uma hora de Pica Pau, deixa o Hoje Em Dia mais jornalistico e que se torne um diferencial, com apoio dos jornalistas do Brasil inteiro. Sabrina tem que ir para as ruas com celebridades, entrevistando gente comum. O quadro dela no Youtube é mais divertido do que o programa dela inteiro. Mudar o horário de Faro para fazer praticamente tudo igual? Meu Deus. Ao menos foram legais com Xuxa e mesmo colocando ela de frente com os leões, tem mais chance de sobressair na programação.

Por fim, se as reportagens do Domingo Espetacular continuarem tamanho de um filme, podem encerrar a trajetória. Ninguém gosta de algo sem ser dinâmico. É pra ontem, é na hora, é pra já! Coloca um esquadrão da fofoca falando sobre BBB ou a semana das celebridades por meia hora, para ver o resultado.

Parece que a programação está entregue ao limbo. Só para lembrar: ORAÇÃO significa FÉ e AÇÃO. Nenhum vive sem o outro

É isso!

Por Dieguito C. Melo