Cuidados com os traumatismos nos dedos das mãos ou dos pés

7 de agosto de 2020 0 Por Diego C. Melo

Quem nunca passou pelo choque de prender os dedos ao fechar a porta do carro, armários, chutar a quina da mesa ou do sofá? A dor ocasionada é muito grande. O ortopedista Maurício Leite explica que independente da gravidade, é necessário o acompanhamento médico para examinar se realmente não há lesões mais sérias.

O início do tratamento dos ferimentos pode ser realizado em casa, com alguns procedimentos simples de primeiros socorros. Maurício Leite conta que para reduzir a dor e o inchaço, é preciso aplicar uma bolsa de gelo na área afetada e manter a mão elevada acima da altura do coração. “Continue aplicando gelo por 10 a 15 minutos a cada 2 horas. Não coloque o gelo diretamente contra a pele”, alerta o ortopedista.

Cuidar apropriadamente dos dedos afetados minimizará o desconforto imediato e contribuirá para uma rápida recuperação, a partir do tratamento desenvolvido pelo médico.

O especialista alerta que os dedos esmagados podem continuar doendo por alguns dias após o incidente doloroso.
Com o choque, as unhas podem ficar parcialmente ou totalmente pretas por causa do sangue preso abaixo delas. Maurício Leite explica que isso pode ser um sinal de alerta para fraturas ou lesão do tecido abaixo da unha e a necessidade de tratamento será avaliada pelo médico.

via assessoria