Crítica: Doutor Estranho

Crítica: Doutor Estranho

2 de novembro de 2016 0 Por Diego C. Melo


Um novo filão para a Marvel!



14713610_1140720792670772_8964869594767822072_n

É fato que a Marvel já domina o universo dos heróis. Agora, a conquista do mundo místico se torna algo concreto com Dr. Estranho. O investimento de U$160 milhões na obra é algo digno de ser aclamado, pois não foi apenas um investir por investir e sim algo bem detalhado e preparado. Nada está ali por acaso e, desnecessariamente, tudo flui perfeitamente desde os primeiros instantes em tela.

358098

A narrativa do filme joga os espectadores numa nova dimensão de efeitos especiais, os quais tiveram influência clara de A Origem, mas que não ficou apenas nisso, conseguiram ir além. A equipe de produção mostrou que não é apenas a quantia de dólares investida no filme que faz dele algo surpreendente, mas sim a criatividade que deve imperar.

tilda-swinton-e-benedict-cumberbatch-em-cena-de-doutor-estranho-1460556647119_956x500

A escolha de Tilda Swinton para o papel de Ancião gerou inúmeras controvérsias, pois fugia do asiático original dos quadrinhos, mas a atriz não deixou nada a desejar para qualquer outro e deu vida à sua personagem com excelência. Outro que deve ser merecidamente aplaudido é Benedict Cumberbatch, o britânico recebeu da Marvel a regalia de esperá-lo terminar suas obrigações no teatro e na série que faz parte para  começar as filmagens de Doutor Estranho. Ponto positivíssimo para o estúdio.

Com um ritmo alucinado, o filme consegue ir aonde outros heróis jamais conseguiram chegar: o universo do misticismo. A ideia foi sempre evidente, desde a produção dos quadrinhos. Em um mundo onde Homem de Ferro ou Capitão América podem salvar a humanidade de perigos “naturais”, surgiu essa lacuna no quesito “sobrenatural”, e isso foi muito bem utilizado nessa nova adaptação da Marvel.

Para ser perfeito, poderia ter tido um super vilão que causasse mais temor no público e não que soasse como um enorme bobalhão.

>>ALERTA DE SPOILER!<<

Como um super vilão não consegue reverter uma mágica e se submete a fazer um acordo de “brothers” com o super -herói? Algo do tipo: está bem! Você já encheu o meu saco Stephen Strange. Quase isso é o que você vai ver em determinado momento do filme.  

doutor-estranho-set-02abr2016

Se existia uma remota especulação quanto à aparição de Dr. Strange em Vingadores: Guerra Infinita, agora já é dada como certa. Além de estar escalado para participar de Thor: Ragnarok, com uma grande importância para a história, uma franquia para o super-herói favorito da Marvel é mais que certa. É o mínimo que merece o grande Benedict Cumberbatch.

mv5body5zjgzmgqtmzcwns00mwfklwjmzdqtnzrmmmeyzmriotljxkeyxkfqcgdeqxvyndqxnjcxnq-_v1_sx1777_cr001777735_al_

 

Cumberbatch é de longe o melhor ator dando vida a um personagem dos quadrinhos nas telonas, aos fãs do Stark: Sorry! É a mais pura verdade. Pode-se dizer que Dr. Estranho já desponta como uma das melhores adaptações e pode muito bem chegar ao seu bilhão de dólares. 

doutorestranho_10-750x380

Atenção para os dois pós-créditos, em um aparece outro super-herói que chega nos cinemas em breve e no último uma pequena “surpresa”.

Nota 8,5

Por Dieguito C. Melo

Revisado por Thalles Amaro

Apoio: UCI Cinemas