Avião de passageiros cai no norte do Paquistão; há pelo menos 36 mortos

Avião de passageiros cai no norte do Paquistão; há pelo menos 36 mortos

7 de dezembro de 2016 0 Por Diego C. Melo

Mais de 40 pessoas estavam a bordo da aeronave da Pakistan International Airlines.

Um avião da companhia Pakistan International Airlines (PIA) caiu após decolar da região de Chitral, no norte do Paquistão, nesta quarta-feira (7). As autoridades paquistanesas reconheceram que há poucas chances de encontrar sobreviventes entre os destroços. Em comunicado, os militares disseram que 36 corpos foram recuperados.

O avião caiu em um vilarejo perto da cidade de Havelian, a 75 quilômetros da capital Islamabad, segundo informou o policial Khurram Rasheed à agência Associated Press. A aeronave viajava de Chitral a Islamabad com 48 pessoas a bordo – 42 passageiros, 5 tripulantes e um engenheiro -, informou o porta-voz da companhia, Daniyal Gilani.

O voo PK-661 tinha perdido o contato com controladores de tráfego aéreo nesta tarde (no horário local). O ATR-42, um avião de hélice bimotor, é usado em voos de curta distância. A ATR, fabricante da aeronave, é uma joint venture entre o grupo Airbus e o italiano Leonardo, de acordo com a CNN.

“Os esforços de resgate continuam”, afirmou a declaração da ISPR, o meio de comunicação militar paquistanês.

As causas do acidente ainda são desconhecidas. Pervez George, porta-voz da Autoridade de Aviação Civil, disse à AP que uma equipe de especialistas vai investigar o acidente após a recuperação das caixas-pretas.

“O avião está totalmente destruído. É difícil ter sobreviventes”, disse à agência EFE o porta-voz da Autoridade Nacional de Gestão de Desastres, Ahmed Kamal.

Imagens veiculadas na TV mostravam os destroços do avião e um incêndio no local da queda. A transmissão também mostrou moradores locais coletando restos dos passageiros e cobrindo os corpos com roupas.

O porta-voz da companhia aérea, Danyal Gilani, divulgou em sua conta no Twitter que a aeronave tinha desaparecido e que todos os meios para localizar avião tinham sido mobilizados. Telefones de emergência foram colocados de prontidão para mais informações.

No passado, a empresa já foi acusada de falhas de segurança, de acordo com a BBC.

O premiê paquistanês Nawaz Sharif expressou “profundo pesar e tristeza” pelo acidente. Em um comunicado, ele disse que “toda a nação está profundamente triste pelo desafortunado acidente de hoje e compartilha o sofrimento das famílias que perderam seus entes queridos”.

*via G1