A prática de exercícios como alternativa para pessoas com deficiências físicas

A prática de exercícios físicos traz inúmeras vantagens para saúde do corpo humano. O que muita gente não sabe é que atividades, orientadas por profissionais da área de saúde, também podem ser realizadas por quem tem algum tipo de deficiência física, aumentando a qualidade de vida dessas pessoas.

Dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que 1,3% da população têm algum tipo de deficiência física e quase a metade desse total (46,8%) tem grau intenso ou muito intenso de limitações. Dentre os benefícios da realização de exercícios por parte de pessoas com deficiência, estão a melhora do equilíbrio, ganho de força muscular, resistência e coordenação motora. As modalidades mais sugeridas e adaptadas são natação, judô, vela, basquete e futebol, mas nada impede que o portador ,junto a um profissional especializado, se desafie em outras práticas.

Nós, como profissionais, estimulamos sempre o portador de deficiência física a perder o medo e encarar novos desafios, respeitando seus limites”, afirma a educadora física, Amanda Santos. Ela acompanha a rotina de Lucas Samuel na Cia Athletica, ele é portador de neurofibromatose, doença que causa comprometimentos ósseos e maior suscetibilidade de fraturas.

A princípio Lucas pretendia só fazer natação, mas o dia a dia na academia o incentivou a começar com musculação e as evoluções motoras são notáveis. Desde 2014 frequentando a Cia, o aluno conta a diferença que a atividade física faz na sua vida: “Eu não dependo mais totalmente das muletas para andar, me tornei muito mais independente”.

*via assessoria

Related posts

Leave a Comment